• Angélica Ribeiro

A diferença entre galerias e museus de arte

Qual é a diferença entre uma galeria de arte e um museu? Às vezes ouço essa pergunta e lembro-me que, quando adentrei no mundo das artes visuais, também tive essa dúvida. Mais do que nomenclaturas diferentes, museus e galerias são verdadeiramente diferentes entre si.

O museu e a galeria

Existem ambientes diversos para as artes visuais: ela pode habitar as ruas e a cultura popular, ou pode se institucionalizar ao integrar espaços artísticos como museus e galerias.

Os museus são espaços de proteção das obras de arte. O grande objetivo de um museu de arte é cuidar da cultura e da sociedade, fazendo isso através do desenvolvimento de uma coleção de arte e do estímulo à vida cultural da sociedade.

As galerias de arte integram o mecanismo de funcionamento do mercado primário de arte. Portanto, nas galerias ocorre a comercialização de obras de arte direcionando-as aos colecionadores, aos acervos e ao público em geral.




Centros culturais e espaços independentes

A jornalista de artes plásticas Júlia Flamingo, através do site Bigorna, escreveu sobre as diferenças entre os espaços de arte. Além da diferença entre museus e galerias, ela também explicita a diferença entre centros culturais e espaços independentes.

Centros culturais não formam acervo de obras, mas buscam o estímulo à vida cultural e da sociedade. Esses centros são como museus, só que não possuem a preocupação de formar uma coleção, documentá-la e protegê-la em favor da preservação da história cultural.

Por fim, os espaços independentes são abertos à experimentação e a debates relacionados com o mundo da arte. Além disso, são independentes de questões econômicas, políticas ou sociais externas ao próprio espaço.