• Angélica Ribeiro

Andrea Mariano: o desenho realista de uma artista paraibana

Andrea Mariano, uma artista brasileira do estado da Paraíba que produz desenhos realistas, concede entrevista ao blog Angélica Ribeiro.


(Angélica Ribeiro) Olá Andrea, tudo bem com você? Por favor, fale um pouco sobre você e sua carreira artística.


(Andrea Mariano) Angélica quero antecipadamente agradecer o convite da entrevista e registrar que seu blog é muito interessante para os amantes da arte.

Sou do sertão da Paraíba, cidade de Princesa Isabel, mas resido em João Pessoa, capital.

Como sempre digo: sou artista desde que nasci! Por volta de meus cinco, seis anos de idade, percebi que conseguia facilmente desenhar os objetos e figurinhas de gibis. Tanto ampliava como reduzia. Então, o que era só um interesse de criança, se tornou em uma grande descoberta. Meus pais sempre me apoiaram e ainda quando criança, tinha uma parede num dos cômodos da casa, apenas para eu desenhar. Todos os anos meu pai mandava pintar a parede e eu recomeçava. Eu lembro até hoje, o quando fiz meu primeiro desenho e daquele momento em diante, não parei mais. Sempre foi meu grande amor e nunca o deixei de lado. Em todo meu percurso escolar, separava uma matéria no caderno exclusiva para meus desenhos. A arte como profissão vem se firmando há muitos anos na minha vida, mas com o advento das redes sociais, a facilidade da exposição e divulgação melhorou bastante. Já participei de algumas exposições aqui na Paraíba, capital e interior, com trabalhos em de pinturas em tela. Hoje, praticamente, faço mais desenho realista com papel e lápis de cor, grafite e em tela.


(Angélica Ribeiro) Você é uma artista plástica especializada em desenhos e pinturas realistas. Para você, qual é a importância da produção de arte realista no mundo contemporâneo?


(Andrea Mariano) O realismo contemporâneo trouxe consigo o desenho que é parte essencial para o artista. Esta linguagem artística tem uma relevância fundamental, pois permite um estilo natural e com muita objetividade. Apresenta uma característica de liberdade e ousadia ao meu ver, devido a representação da realidade por meio das suas obras de arte.


(Angélica Ribeiro) Grande parte do seu trabalho é relacionado a produção de retratos. Como você desenvolveu esse interesse por retratos? E como foi sua experiência para aprender técnicas artísticas que te possibilitassem ser uma retratista realista?


(Andrea Mariano) Desde a minha infância, sempre tentava reproduzir fotos e esse foi meu maior interesse. Maior parte de meus desenhos até hoje, são de retratos. Sempre quis captar, pelos meus desenhos, o maior número de detalhes envolvidos, até mais que as fotografias a que me referencio. Reproduzir a exatidão que a pessoa se posicionava no instante da foto, emoções, sentimentos, expressões, porém sem alterar a naturalidade. Imaginar o que ela estava pensando naquele instante e conseguir transmitir esse somatório para o papel ou tela, sempre me atraiu.

Como sou autodidata fui me aperfeiçoando ao longo do tempo. O treinamento é a base de tudo e não há outra melhor aprendizagem. Não existe uma forma mais eficaz, no meu ponto de vista, que a repetição. Desenhar e desenhar muito e o mesmo segue para a pintura, é o maior segredo. Foi o desejo e a insistência em conseguir realizar os desenhos realistas que me formaram a partir das experiências que adquiri, principalmente com meus erros. É uma arte muito exigente, mas que me promove muita satisfação e realização pessoal.


(Angélica Ribeiro) Características emocionais e pessoais são muito próprias da arte. Na sua opinião, como essas características se apresentam em seu trabalho criativo?


(Andrea Mariano) Todos os meus realismos tem uma carga enorme de sensibilidade, beleza e alegria que transmito em cada traço desde o início do desenho a finalização da arte. Isto, devo ao meu amor e dedicação ao que faço com muito esmero. A escolha das cores, luzes, sombras e todo o resto, representam um conjunto de uma linguagem que se comunica muito mais que a falada ou escrita, mas sentida na alma de quem vê. Tamanha é a minha satisfação e felicidade ao produzir um realismo, que ultrapassa os meus próprios sentimentos e com certeza, se fixa para sempre nos desenhos.


(Angélica Ribeiro) Por fim, quais dicas você dá para quem deseja seguir uma bela carreira artística?


(Andrea Mariano) A arte, em qualquer seguimento, exige um amor incondicional do artista. Portanto, a dedicação, persistência, ousadia e principalmente a disciplina devem ser imutáveis e constates. Enxergar a arte como profissão e acreditar em seu potencial de artista é extremamente relevante. Manter-se sempre criativo é essencial.

Angélica Ribeiro Artista

CNPJ: 38.178.362/0001-40

Rua Buenos Aires, 71 - Batel, Curitiba/PR

CEP 80.250-070

Uma galeria online de artes visuais da artista plástica Angélica Ribeiro.

Assine e valorize a arte!