• Angélica Ribeiro

"Os Passeios da Capivara" pela artista, autora e ilustradora Malu Azevedo

A artista plástica Malu Azevedo concede entrevista para o blog da artista Angélica Ribeiro falando a respeito de seu primeiro livro: "Os Passeios da Capivara".

Malu Azevedo é artista plástica e, em dezembro de 2019, lançou um livro infantil intitulado "Os Passeios da Capivara" escrito e ilustrado por ela com a história de Colorida, uma capivara curitibana que possui uma agenda semanal de atividades.

O livro é uma leitura indicada para crianças e para a interação em família. Além do mais, suas ilustrações revelam os traços da artista e também as características da capital paranaense, Curitiba.


Foto: Angélica Ribeiro junto a Malu Azevedo no lançamento de "Os Passeios da Capivara".
Foto: Angélica Ribeiro junto a Malu Azevedo no lançamento de "Os Passeios da Capivara".

(Angélica Ribeiro) Olá Malu, tudo bem com você? Por favor, explique aos leitores do blog Angélica Ribeiro o que é "Os Passeios da Capivara"?

(Malu Azevedo) Olá, Angélica,tudo bem? É um prazer ser entrevistada para o seu blog. Em resposta à sua primeira pergunta, "Os Passeios da Capivara" é meu primeiro livro infantil, mas apesar disso pode ser lido por pessoas de todas as idades.Basta gostar de histórias. Ele conta o dia a dia de personagem, a Colorida, e sua agenda semanal.

(Angélica Ribeiro) Você é artista plástica que produz aquarelas e colagens: como foi para você o processo criativo e técnico de ilustração infantil para o seu livro?

(Malu Azevedo) O processo criativo foi em primeiro lugar, a escolha do personagem. A partir daí, fui construindo a história,criando uma capivara diferente da real. Em seguida, pensando como ilustrar, optei pela aquarela, acrescentando algumas colagens também em aquarela. Devo salientar que a capivara Colorida, personagem principal, é desenhada com 5 tonalidades de lápis de cor. Então são praticamente três técnicas de ilustração.

(Angélica Ribeiro) Quais as inspirações você teve para elaborar a personagem e a história da sua capivara colorida?

(Malu Azevedo) A inspiração foram as capivaras que costumam fugir dos parques das grandes cidades, para passearem pelas ruas. O que será que elas querem?

Aí a história foi crescendo e o livro se formando.

(Angélica Ribeiro) O seu livro apresenta um grande potencial de inspirar crianças e famílias a conhecerem a cidade. Ao desenvolver o projeto, você pensou nesse lado turístico de Curitiba? E agora, com o livro pronto, como você percebe que ele inspira a valorização da cidade?

(Malu Azevedo) Não pensei num livro com objetivo de ensinar algo ou promover a cidade de forma turística, apenas contar uma história. Como gosto muito da arquitetura da cidade, e dos parques, eles fazem parte naturalmente, e são facilmente reconhecíveis pelas crianças maiores.

(Angélica Ribeiro) Como autora e ilustradora de um livro infantil, como você percebe a importância desse tipo de material para o desenvolvimento das crianças?

(Malu Azevedo) É importante para as crianças ouvir histórias. Através dos pais , avós, o primeiro contato é feito geralmente através dos contos de fada, histórias inventadas ou não. É despertar a magia, a curiosidade, trabalhar as emoções da criança, descobrir coisas e lugares novos através dos personagens, é aprimorar o vocabulário e a escrita. Ler proporciona à criança desenvolvimento emocional, cognitivo e social. Desde a mais tenra idade!

- Clique aqui para adquirir o livro "Os Passeios da Capivara" e clique aqui para saber mais a respeito do trabalho artístico de Malu Azevedo.